alt da foto

Abertura

10 Jul / 11:00

Visitação

10 Jul - 10 Out / 2021

temporada de projetos

Gabriel Torggler

Todo fragmento parte de um todo. Todo tempo é também fragmento.

“Todo fragmento parte de um todo. Todo tempo é também fragmento.”, de Gabriel Torggler, consiste em um conjunto de desenhos realizados com bico de pena sobre papel. O traço da pena é o elemento atômico e primordial, que constrói personagens/palavras/símbolos/criaturas quiméricas com referências ao universo urbano, televisivo, popular e do cotidiano do autor. Os elementos se mesclam, sem uma narrativa pré-determinada ou linear e criam um inventário. A composição dá-se no acúmulo, justa e sobreposição e pela ocupação do papel, encerrada pela sua saturação e preenchimento total.

“Todo fragmento parte de um todo. Todo tempo é também fragmento.”, de Gabriel Torggler, consiste em um conjunto de desenhos realizados com bico de pena sobre papel. O traço da pena é o elemento atômico e primordial, que constrói personagens/palavras/símbolos/criaturas quiméricas com referências ao universo urbano, televisivo, popular e do cotidiano do autor. Os elementos se mesclam, sem uma narrativa pré-determinada ou linear e criam um inventário. A composição dá-se no acúmulo, justa e sobreposição e pela ocupação do papel, encerrada pela sua saturação e preenchimento total.

acompanhamento crítico

Nancy Betts

Abertura

10 Jul / 11:00

Visitação

10 Jul - 10 Out

temporada de projetos

sobre o evento

“Todo fragmento parte de um todo. Todo tempo é também fragmento.”, de Gabriel Torggler, consiste em um conjunto de desenhos realizados com bico de pena sobre papel. O traço da pena é o elemento atômico e primordial, que constrói personagens/palavras/símbolos/criaturas quiméricas com referências ao universo urbano, televisivo, popular e do cotidiano do autor. Os elementos se mesclam, sem uma narrativa pré-determinada ou linear e criam um inventário. A composição dá-se no acúmulo, justa e sobreposição e pela ocupação do papel, encerrada pela sua saturação e preenchimento total.

sobre o artista

(São Paulo, 1990). Formado no curso de bacharelado em artes plásticas pela FAAP em 2012. Universos distintos como o da televisão, dos comics, do meio urbano seus ruídos e atmosferas, skate ou ainda de elementos provindos do cotidiano são referências diretas para o processo criativo do artista. A poética, que muitas vezes surge de maneira intuitiva, elabora-se na linguagem do desenho em papel e também outros suportes que se apresentam ao longo de sua trajetória. Trabalha com saturação de imagens por meio de intrincadas narrativas não lineares que partem de múltiplas referências e se agrupam no suporte escolhido para desenhar.

visitação

De 10 de julho a 10 de outubro de 2021

abertura

10 de julho - 11:00 horas

Governo do Estado de SP