Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • |
  • Fonte +
  • Fonte -
  • /governosp
  • Informar erro
alt da foto

Abertura

27 Ago / 19:00

Visitação

27 Ago - 27 Out

Exposições passadas
voltar

Santiago - Fogo

...

Em Santiago – Fogo, os artistas Felipe Chimicatti e Pedro Carvalho Moreira apresentam 45 imagens e um filme curto produzidos em película Super8. As obras refletem sobre o implacável abandono do presente e os espaços de memórias e afetividades de pequenos municípios em Cabo Verde.

 

Em Santiago – Fogo, os artistas Felipe Chimicatti e Pedro Carvalho Moreira apresentam 45 imagens e um filme curto produzidos em película Super8. As obras refletem sobre o implacável abandono do presente e os espaços de memórias e afetividades de pequenos municípios em Cabo Verde. Na mostra, o público é convidado a conhecer a visão dos artistas por meio de imagens - ora preto e brancas ora coloridas - capturadas em um trajeto entre a cidade da Praia e a Vila Tarrafal, situadas na Ilha de Santiago, em Cabo Verde e, também, no vilarejo de Chã das Caldeiras, ao lado do Vulcão de Fogo. Além disso, será exibido um curta intitulado Cemitério de Branco e gravado em São Filipe, na Ilha do Fogo, em Cabo Verde. 

 

Abertura

27 Ago / 19:00

Visitação

27 Ago - 27 Out

Exposições passadas
voltar

sobre a exposição

---

sobre o artista

Felipe Chimicatti desenvolve trabalhos ligados à fotografia, ao vídeo, ao cinema e às artes visuais. No campo do cinema documentário, realizou os filmes O Jardim (2019); Eles Sempre Falam Por Nós (2018); Na Velha Lagoinha (2016); Bruno (2015); Espinhela Caída (2014); Linha de Impedimento (2013) e Empurrando o Dia (2012). Trabalhou como fotógrafo e redator do jornal A Semana, em Cabo Verde, onde teve a oportunidade de conhecer a Ilha do Fogo, seu atual objeto de estudo e pesquisa. Junto às Artes Visuais, desenvolve pesquisas ligadas à dimensão do arquivo, da película e da imagem analógica. No ano de 2017, publicou o fotolivro Santiago — Fogo pela editora Chão da Feira. Atualmente encontra-se em fase de desenvolvimento do filme experimental Brooklyn em conjunto com o coletivo Cine Leblon. Desenvolve, também, o trabalho documental Avenida Amazonas, centrado em uma das principais avenidas da cidade de Belo Horizonte. Dentro do departamento de artes visuais da Universidade Federal de Minas Gerais desenvolve o livro de artista intitulado Arquivos de Lava que tem como tema principal as erupções do Vulcão do Fogo, situado em Cabo Verde. Atualmente trabalha como fotógrafo, cinegrafista, diagramador e artista visual em Belo Horizonte, onde reside. É integrante do coletivo de audiovisual NAUM. Pedro Carvalho atua nas áreas da fotografia, do vídeo e do cinema. Seu trabalho parte do universo das imagens para explorar os limites entre memória, documento e ficção. No cinema realizou os filmes Um Olhar Passageiro (2011), Espinhela Caída (2013) e Bruno (2015). Participou de festivais e mostras como: Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, ForumDoc, Mostra de Cinema de Tiradentes, Festival Internacional de Cinema Documentário É Tudo Verdade, Encontros de Cinema de Viana do Castelo, entre outros. Nas artes visuais, realizou a videoinstalação Queimada de Pasto (2014), a exposição fotográfica Espinhela Caída (2014), a videoinstalação Arquivo Morto (2016) e recentemente publicou o livro fotográfico Santiago-Fogo (2017).

visitação

De 27 de agosto a 27 de outubro de 2019

abertura

27 de agosto - 19:00 horas