alt da foto

Início

19 Abr / 19:00

Período

19 Abr - 26 Abr

Cursos futuros
voltar

O passado e o futuro agora: emaranhados do tempo nas histórias das artes

Curso on-line

19, 24 e 26 de abril, segundas e terças, das 19h às 21h 

Valor: R$110 

Vagas: 40  

Local: on-line

INSCREVA-SE

Início

19 Abr / 19:00

Período

19 Abr - 26 Abr

Cursos futuros
voltar

sobre o curso

O passado reaparece no presente em forma de história e memória. Também o futuro se encontra no hoje enquanto projeto, ideação, ambição, sonho. Vários futuros pensados compõem uma história de projetos, conquistas e fracassos. Diversas versões do passado são reelaboradas ao sacudir de poeiras de arquivos e coleções. São múltiplos fios se entrelaçando numa espécie de constante agora, uma presentificação do passado e do futuro que encontra na prática historiográfica uma ferramenta para visualizar o tempo, mudanças e permanências que se acotovelam em negociações, relações de disputa e solidariedade. As artes e suas histórias parecem compor emaranhados, que envolvem inclusive as tentativas de colocar ordem, desatar nós (nas ações de pesquisar, refletir, escrever, arquivar, curar, musealizar, conservar etc.). 

Os movimentos que reconfiguram o emaranhado da história (das histórias das artes) estão ligados a perspectivas contemporâneas sobre o mundo (seu passado, futuro e presente), uma política do tempo (dinâmicas, categorias e conceitos cronopolíticos), que (in)formam as práticas de construção do passado (memória e história) para um futuro (projetos de mundos possíveis). A produção artística e sua mediação (na curadoria, história, crítica e museologia) se encontram nesse emaranhando de linhas de força, de ações e construções simbólicas da realidade. O objetivo deste curso é promover uma reflexão sobre as temporalidades emaranhadas nas atividades de pesquisa, curadoria, reflexão, escrita e conservação da arte. 

Partindo de contribuições teóricas e metodológicas da história, ciências sociais e estudos culturais, o curso busca, a partir de exemplos da historiografia da arte brasileira e de algumas exposições de arte, aproximar estudantes de uma visão mais ampla e complexa da mediação cultural na contemporaneidade. 

Aula 1 | O passado como país estrangeiro? Introdução à historiografia da arte. Apresentação de diferentes abordagens da temporalidade no fazer historiográfico sobre arte e cultura, em produções artísticas (visuais, literárias, teatrais e musicais), textos e exposições que intervêm na construção historiográfica. 

Aula 2 | Quando se aumenta um ponto ao conto, o que se conta? Apresentação, interpretação e discussão de dois casos de trajetórias de artistas e suas obras que emergiram num contexto anterior e, décadas mais tarde, retornam ao centro do emaranhado de reformulação das histórias das artes. Serão trazidos para a aula alguns casos mais estudados – como o de Marcel Duchamp, Frida Kahlo, Jackson Pollock, Louise Bourgeois e George Baselitz – e de algumas artistas visuais brasileiras que vêm sendo estudas mais recentemente, à medida em que suas obras também passam a ter mais visibilidade, trazendo outros olhares sobre a história da arte no Brasil de modo geral. A questão central da aula é pensar como pautas do presente informam o olhar sobre a produção artística do passado, principalmente sobre elementos e trajetórias invisibilizadas ou apagadas. 

Aula 3 | O futuro é um recheio do presente? Apresentação, interpretação e discussão de dois casos de exposições de arte que se inserem em debates de seu tempo, resgatando projetos de futuro elaborados no passado. Para essa aula, é proposto um retrospecto de projetos curatoriais que, décadas após a publicação do “Manifesto antropófago” (1928), retomaram e reinterpretaram a noção de “antropofagia” do modernismo para reinscrever perspectivas historiográficas e projetos do que seria a arte contemporânea. 

Sobre o professor
Tálisson Melo é artista, pesquisador e curador. Atualmente, é pós-doutorando no Instituto de Estudos Brasileiros da USP. Doutor em Sociologia e Antropologia pela UFRJ, com estágio no Center of Cultural Sociology da Yale University. Mestre em Artes e bacharel interdisciplinar em Artes e Design pela UFJF, com concentração em História da Arte na Universidad de Salamanca. Pesquisa sobre arte e cultura na convergência entre história, sociologia e antropologia. 

INSCREVA-SE

período

De 19 de abril a 26 de abril de 2023

início

19 de abril - 19:00 horas

Governo do Estado de SP